Debora e Renata – parte dois

Essa não é apenas uma história, mas duas. Duas celebrações, em dois eventos pra lá de especiais. Tudo fluiu com leveza e autenticidade, tudo teve a cara delas. Nada foi muito formal, nada estava engessado. Ali no apê da De e da Re, enquanto todos se arrumavam para a festa no meio de uma baderna maravilhosa, que só um evento como casamento pode proporcionar, discursos que seriam ditos dali a poucas horas ainda estavam sendo escritos. O improviso, meus amigos, só funciona quando a coisa vem do coração. E o coração dessa galera é grande, viu??

A energia que esteve presente nos dois dias em que a Renata e a Débora celebraram sua união, foi tão gostosa e tão intensa, que as vezes ali no meu enquadramento, eu sentia que podia tocá-la, de tão palpável. É sério! Se você já esteve presente em uma celebração onde as pessoas, olho no olho, trocam votos sinceros de amor, cumplicidade, carinho e amizade, você sabe o que estou falando. Trocar votos do fundo da alma é uma coisa poderosa e arrebatadora. O amor e o carinho entre elas e entre todos os presentes, era palpável. São nesses momentos que eu tenho a  sensação plena de gratidão por estar ali e poder registrar tudo isso.

Devo todo o meu respeito e gratidão a essas meninas, que me deixaram compartilhar essas imagens com vocês. Obrigada meninas! Que o amor visto aqui transcenda e inspire muitos corações  pelo mundo afora.